Comunicação / Comunicados e Exposições

INFORMAÇÃO AICCOPN 05/2018
INFORMAÇÃO AICCOPN 05/2018

AICCOPN COMPLETA 126 ANOS DE EXISTÊNCIA E IDENTIFICA PRIORIDADES PARA O FUTURO:

 

  • O mercado da construção tem de funcionar de uma forma sã e a AICCOPN continuará fiel aos seus princípios fundadores, assumindo a defesa intransigente dos seus associados

 

Presidida por Reis Campos, a AICCOPN – Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas, completa, hoje, o seu 126º aniversário. Reafirmando-se orgulhosa de um passado, que fez dela uma referência para o movimento associativo nacional, a Associação continua focada naquela que é a sua principal missão: “a defesa dos seus associados e o desenvolvimento do setor”.

“A AICCOPN continuará a ser uma Associação distinta, que faz da proximidade com os Associados uma mais-valia, que aposta na modernização dos seus serviços e que encara a diferenciação das empresas associadas, designadamente por via da atribuição de marcas distintivas, como o “R.U.-I.S. – Reabilitação Urbana Inteligente e Sustentável” e o “GPC – Global Portuguese Construction”, como um caminho que, à semelhança do que se passa noutros países comunitários, terá de ser percorrido, com vista à autorregulação do Setor.

Combater a concorrência desleal e a clandestinidade, afastando do mercado todos os que não cumprem os requisitos que são exigidos para o exercício legal da atividade, como é o caso do alvará ou do certificado. Defender a adequação da legislação à realidade do Setor – como sucede com o Código dos Contratos Públicos –, mediante a apresentação de preços base credíveis e de soluções para combater a prática de preços anormalmente baixos. Pugnar pela recuperação do investimento público, assumindo um Pacto de Regime que se sobreponha aos ciclos político-partidários e defender a consolidação do investimento privado, essencial para criar emprego e desenvolver a economia. Exigir mais confiança para os investidores e mais competitividade e estabilidade fiscais. Pugnar pela valorização dos trabalhadores do Setor e pela disponibilização da mão-de-obra necessária para as empresas, são alguns dos vetores que necessitam de uma resposta efetiva por parte do Governo e, em especial, já do próximo Orçamento do Estado para 2019.

Estas são prioridades que a AICCOPN assume para o futuro imediato. O Setor volta a cumprir o papel que sempre lhe coube desempenhar, mas para que assim seja, as empresas precisam de saber aquilo com que podem contar, designadamente ao nível dos projetos cuja concretização é essencial para o País.

 

13/08/2018

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter