Comunicação / Notícias (outras)

Licenças crescem 1,6 por cento
De acordo com os dados revelados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no mês de Novembro de 2002, o número total de licenças concedidas pelas câmaras municipais para obras no País apresentou uma variação relativa média dos últimos 12 meses face ao período homólogo anterior de 1,6%, traduzindo uma desaceleração comparativamente ao mês anterior.

Apesar desta subida, se compararmos apenas o mês de Novembro de 2002 com o de 2001, as licenças concedidas caíram 15,3 por cento, correspondendo a um número total de 4116 licenças.

Analisados os dados do INE, por regiões, verifica-se que a variação homóloga relativa a Novembro, apenas se revelou positiva no Algarve (8,9 por cento), Açores (6,2 por cento) e Centro (4,3 por cento).
O Norte do País registou a descida mais acentudada, com uma queda de 32,8 por cento.

No período de Dezembro de 2001 a Novembro de 2002, no País, 78,6% do total de obras licenciadas corresponderam a construções novas, das quais 85,3% destinadas à habitação.
No mesmo período, o número total de construções novas licenciadas para habitação registou uma quebra de 2,6%.

No mês de Novembro de 2002, face ao mesmo período do ano transacto, 77,4% referem-se a licenças para construções novas, das quais 84,4% destinadas à habitação.
Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter