Comunicação / Notícias (outras)

Programa Lisboa a Cores
O modelo de negócio assenta numa parceria - a formalizar através de um contrato de associação - em que a EPUL (no caso dos prédios municipais) ou o proprietário privado investem o valor do(s) prédio(s) a reabilitar no estado em que se encontram e o promotor / construtor que aderir ao programa investe o custo das obras de reabilitação. Nesta fase, porque a EPUL já possui um conjunto de prédios municipais, vai lançar uma consulta pública para os promotores/construtores que estiverem eventualmente interessados nesta operação se inscreverem junto da EPUL, desde que preencham um pequeno conjunto de requisitos. Para mais informações sobre o projecto pode ser consultado o seguinte site: http://www.epul.pt/lisboa-a-cores.
Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter