Comunicação / Notícias (outras)

NOVIDADES NO METRO NA MAIA E EM GAIA

A decisão de duplicação das linhas da Trofa e da Póvoa e revisão do financiamento atrasaram as obras. No entanto, o Governo aprovou a primeira fase da rede, que consiste na duplicação completa da linha da Póvoa em que o troço até Pedras Rubras o qual estará pronto até Maio/Junho de 2004, embora esta linha só esteja concluída no final desse ano.

No que diz respeito à linha vinda da Trofa, o respectivo percurso em linha dupla far-se-á até ao Instituto Superior da Maia (ISMAI),prevendo-se que o troço esteja concluído até ao final de 2004 início de 2005. a restante parte do percurso aguarda ainda decisão favorável do Governo.


Em relação ao ramal do Aeroporto, deverá entrar em operação comercial no final do Verão de 2004. Por seu turno, o traçado definitivo da segunda linha da Maia, com ligação à linha da Trofa, está já definido, mas ainda não tem data de conclusão.

Estão portanto garantidas quatro linhas que atravessarão diversas zonas da Maia, com um total de 24 estações. 192 milhões de euros custará a duplicação da Linha da Póvoa e a Linha da Trofa entre a senhora da hora e o ISMAI.

No que diz respeito a Gaia, e apesar dos atrasos verificados, foi anunciada a extensão da linha do Metro da rotunda de Santo Ovídio até Laborim, permitindo servir a zona da Quinta dos Cedros, a qual terá um interface para transportes públicos e aparcamento automóvel, e uma zona de recolha de viaturas em frente ao Bairro do Cedro.

Este prolongamento, poderá permitir no futuro a extensão da ligação de Metro à zona ocidental da cidade, nomeadamente, até ao Gaia Shoping e mais tarde, até ao Arrábida Shoping.

Com efeito, a segunda linha de Gaia, que se iniciará na Casa da música, prevê o seu atravessamento numa nova ponte sobre o rio Douro em local ainda a definir, e a cobertura das zonas da Afurada, Bombarral, Quinta de S. João, Mariani, Rasa e Laborim.

Em virtude da futura utilização da Avenida da República, e de forma a possibilitar alternativas à circulação automóvel, será construído um túnel para automóveis, entre a Rotunda de Santo Ovídio até à EN222, uma vez que o Metro circulará à superfície.

As duas medidas anunciadas, resultam de um acordo entre a Câmara Municipal de Vila nova de Gaia e a Empresa Metro do Porto, faltando o respectivo aval por parte do Ministério das Obras Públicas.

A Câmara Municipal de Gaia pretende ainda que o ramal ferroviário desactivado entre a Estação das Devezas e o apeadeiro de General Torres, seja requalificado para circulação automóvel, estabelecendo-se uma ligação directa à VL8 nas Devezas e à VL9, na Serra do Pilar.

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter