Comunicação / Notícias (outras)

TIRAR PROVEITO DO QUE NINGUÉM QUER

Com efeito, determinadas empresas, dos mais variados sectores de actividade, necessitam ou tem vantagem em adquirir materiais usados, entulho, ou quaisquer outros tipos de resíduos, que são um incómodo e uma despesa para quem os produziu. Por intermédio de um sistema de bolsa de negociação, poderão, vendedores e compradores de resíduos encontrar o melhor preço, com vantagens mútuas. Vantagens que se estendem ao ambiente e à sociedade em geral.

O anúncio desta medida foi feito por José Eduardo Martins, secretário de Estado do Ambiente em declarações à Agência Lusa. O alvo desta medida são as pequenas e médias empresas que em regra, não dispõe de recursos técnicos e financeiros para encontrar destinos para os seus resíduos.

Pretende o Governo, com este novo sistema, atingir uma redução de 20 a 30 por cento dos resíduos industriais banais que carecem de tratamento.

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter