Comunicação / Notícias (outras)

AICCOPN DENUNCIA CRISE DO FERRO

Em ofício datado de 3 de Março último, a AICCOPN apresentou uma exposição ao presidente da Autoridade da Concorrência, apelando para o cumprimento das atribuíções reconhecidas àquele organismo. Foi também apresentada uma exposição ao Ministro das Obras Públicas, Transportes e Habitação, por forma a este estar consciente das prováveis consequências ao nível do custo das obras lançadas pelo Estado, nomeadamente pelo aplicação do mecanismo de revisão de preços. Desta exposição foi igualmente dado conhecimento à Autoridade da Concorrência.

Com efeito, têm sido reportadas por diversas empresas, dificuldades crescentes de abastecimento em ferro, nomeadamente varão para betão, material imprescindível aos trabalhos da construção, bem como a elevação consecutiva e exagerada do preço. Tal situação provoca receios quanto ao normal abastecimento de matéria-prima, susceptível de causar sérios problemas ao normal desenvolvimento da actividade.

Verifica-se genericamente um aumento do preço de venda do ferro na ordem dos 40%, apenas nos últimos seis meses, tendo-se ainda as empresas e o sector debatido com uma diminuição das quantidades de ferro disponíveis no mercado nacional, alegadamente por a Siderurgia Nacional ter passado a privilegiar o mercado espanhol.

Acresce ainda que a Siderurgia Nacional tem vindo, alegadamente, a realizar pressões sobre os revendedores de ferro, por forma a estes não se abastecerem em mercados alternativos, por forma a poderem corresponder à procura, ameaçando inclusivé com cortes no seu fornecimento habitual.

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter