Comunicação / Notícias (outras)

Congresso FIEC - 2007
A FEPICOP - Federação Portuguesa da Indústria da Construção vai acolher, entre os próximos dias 30 de Maio e 1 de Junho, o congresso anual da FIEC - Federação da Indústria Europeia da Construção.


Pela segunda vez, a cidade de Lisboa será palco do encontro anual do maior organismo associativo do sector europeu da Construção.


O Congresso de 2007, que seguirá os moldes de anteriores eventos, iniciar-se-á no dia 31 de Maio, com a reunião da Assembleia Geral da FIEC.
Um dos seus pontos altos ocorrerá no dia 1 de Junho, quando o presidente da FIEC, Daniel Tardy, e o vice-presidente da FEPICOP, Joaquim Carlos Fortunato, receberem no Centro Cultural de Belém, durante a cerimónia de inauguração, o Primeiro Ministro, José Sócrates.



Após uma breve introdução à "Política da União Europeia para a Construção", os congressistas terão a oportunidade de ouvir sobre esta matéria os ministros da tutela do Sector alemão, Wolfgang Tiefensee, português, Mário Lino, e esloveno, Janez Bozic, respectivamente, o actual presidente do Conselho de Ministros da Construção da UE, o titular do cargo durante o segundo semestre de 2007 e o seu sucessor a partir de 1 de Janeiro de 2008.



No fim da manhã, a FIEC assina a Declaração de Leipzig, numa demonstração do seu apoio aos princípios do documento e do seu empenho em contribuir para a sua implementação no domínio do desenvolvimento urbano.


Competitividade em análise


Um outro ponto alto do congresso residirá na conferência temática que habitualmente se realiza no âmbito deste evento e que este ano se subordina à "Competitividade".
O tema, objecto de uma intervenção introdutória a cargo de Dirk Cordeel, vice-presidente da FIEC, será abordado em três vertentes distintas, designadamente, no que toca à Industrialização da Construção, no que diz respeito à Formação e no que concerne à Organização.


Os diversos sub-temas serão apresentados por especialistas. O programa do encontro inclui ainda a organização de eventos sociais paralelos, de entre os quais se destaca a visita ao Mosteiro de Mafra, inegável ícone do património português e candidato à classificação como uma das 7 Maravilhas de Portugal.

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter