Comunicação / Notícias (outras)

Concreta 2007
Feira exibe as últimas novidades de quase 500 empresas do sector e, até sábado, dinamiza perto de meia centena de actividades complementares.

A CONCRETA - 23.ª Feira Internacional de Construção e Obras Públicas, que arrancou na passada terça-feira no parque de exposições da EXPONOR, em Leça da Palmeira (Matosinhos), recebeu esta quarta-feira (dia 24), às 12 horas, a visita do ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, numa jornada de trabalho que, até sábado, dará a conhecer as novidades e produtos que o tecido empresarial trabalhou para o sector nos últimos 12 meses.

O certame apresenta-se renovado (de periodicidade doravante bienal) e, uma vez mais, recheado, com perto de 500 empresas participantes e quase 50 manifestações paralelas, distribuídas sobretudo pelo Centro de Congressos.


«Jornadas da Construção» debateram sector

A reflexão-mor sobre a actual condição do mercado e os caminhos a trilhar pelo sector surgiu de uma união entre a Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), a Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção (APCMC) e a Associação Empresarial de Portugal (AEP).

As «Jornadas da Construção» juntaram empresários, especialistas, profissionais e outros agentes do sector numa empreitada de debate que ocupou as manhãs dos dois primeiros dias de feira (terça e quarta-feira, das 9 às 12,30 horas), congregando conferencistas como, Reis Campos (AICCOPN), José Pedro Botas e José de Matos (ambos da APCMC), a que se juntaram Hipólito Ponce de Leão (presidente Instituto da Construção e do Imobiliário), António Gil Machado (director da revista «Vida Imobiliária»), Rui Medeiros (presidente do Grupo de Trabalho incumbido da elaboração do Código dos Contratos Públicos), Ricardo Bexiga (advogado), Vítor Ferreira (Plataforma Centro Habitat), Anabela Borges (Agência Portuguesa do Ambiente), Paulo Santos (ADENE), Paulo Lobo e Miguel Branco Teixeira (ambos da AICCOPN). O «chairman» da iniciativa foi Alberto Mesquita (vice-presidente da AEP).

Em cima da mesa estiveram temas que o sector considera mais prementes no momento: a competitividade fiscal, o investimento, a contratação pública, a sustentabilidade na construção, os resíduos da actividade e a certificação energética (mais detalhes em www.concreta.exponor.pt). A AICCOPN está representada na feira no pavilhão 4 C18, não deixe de nos visitar.

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter