Comunicação / Notícias (outras)

Linha de crédito para PME
Tendo em conta o sucesso alcançado pela linha de crédito para PME de diversos sectores de actividade, incluindo as da Construção, que foi lançada no passado dia 8 de Julho e que em menos de um mês foi totalmente subscrita, a FEPICOP -Federação Portuguesa da Construção solicitou ao Governo o reforço desta mesma linha de crédito bonificado ou a criação de uma nova, com características semelhantes e de montante significativo.


Como refere a Federação da Construção na carta enviada ao ministro da Economia e da Inovação: a linha de crédito para PME - PME investe -, lançada no contexto dos objectivos traçados pelo QREN, constituiu uma resposta de financiamento ajustada às actuais necessidades das empresas, como aliás bem revela o elevado número daquelas que aderiram a este instrumento, num tão curto espaço de tempo". Inicialmente de 600 milhões de euros e posteriormente alargada a 750 milhões de euros, esta linha de crédito foi esgotada em apenas três semanas, quando o prazo de vigência estabelecido era de 12 meses. Isto revela, segundo a FEPICOP " a importância deste tipo de instrumentos para as empresas".

Trata-se de uma medida "que visa estimular as empresas a vencer os desafios do crescimento efectivo e sustentado com que actualmente se defronta a economia portuguesa" e que apenas esteve ao alcance de algumas empresas: "foram muitas as empresas que não conseguiram obter este beneficio ", sublinha a FEPICOP, que assim reclama a reabertura da linha de crédito ou o lançamento de uma nova.

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter