Comunicação / Notícias (outras)

Investimentos

A AICCOPN - Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas considera que, a par dos grandes projectos de infra-estruturas com impacto nacional e dos investimentos de natureza privada classificados como PIN - Projectos de Interesse Nacional, é fundamental avançar com Projectos de Interesse Local.


Afirmando que os projectos de pequena e média dimensão também contribuem para a criação de riqueza e dinamização do emprego, a AICCOPN sustenta que face à incapacidade financeira da grande maioria das Câmaras Municipais para concretizarem esse tipo de projectos é fundamental que o Governo encontre forma de os tornar realidade.


Os construtores sustentam que há muito a fazer em todos os concelhos, seja em matéria de saneamento básico, redes de estradas locais e regionais, serviços públicos de proximidade na saúde, educação, justiça e administração interna, entre outros. Obras que, defendem, são fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e para dinamizar a economia.


Lamentando que os "Projectos de Interesse Local" tenham sido praticamente afastados da possibilidade de recurso a apoios no âmbito do QREN - Quadro de Referência Estratégico Nacional 2007/2013, que foi desenhado quase em exclusivo para os grandes projectos, a AICCOPN, criticando a excessiva concentração nos projectos de maior dimensão, defende que compete ao Governo encontrar soluções que permitam a realização de obras que, sendo embora de pequeno porte, são de estrutural importãncia para o desenvolvimento do país.


A Associação defende, aliás, que é importante olhar para o país como um todo e apostar na redução das assimetrias regionais, promovendo a coesão nacional e, dessa forma, criando condições para que empresas e cidadãos se possam fixar em regiões que estão a perder população para as grandes cidades do litoral.

A AICCOPN sublinha, também, a necessidade de o país investir mais na manutenção das suas infra-estruturas, evitando a permanente degradação em que muitas delas se encontram, como é o caso de inúmeras estradas regionais e de um significativo conjunto de edifícios públicos, sejam eles escolas ou hospitais, esquadras de polícia, tribunais e muitos outros.

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter