Comunicação / Notícias (outras)

Reabilitação Urbana em Portugal – Presente e Futuro

Disponibilidade de fundos Comunitários - num primeiro momento 500 milhões de euros - alterações legislativas - simplificação dos processos de licenciamento das operações de reabilitação - e conhecimento aprofundado das necessidades do País, por força do Estudo Prospetivo promovido pela AICCOPN - um mercado estimado em 38 mil milhões de euros - são as principais notas a destacar da Conferência realizada no Auditório desta Associação no passado dia 4, que para além de centenas de empresários, juntou autarcas, entidades públicas, universidades, escolas e técnicos num debate que, de acordo, com Reis Campos, Presidente da AICCOPN e da CPCI - Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário, terá de ser o início de um novo ciclo para a Reabilitação Urbana em Portugal.

Contando com a presença do Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e da Energia, Jorge Moreira da Silva, do Secretário de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Miguel de Castro Neto, do Presidente da PortoVivo, SRU, Álvaro Santos e do ex-Secretário de Estado da Justiça e da Presidência do Conselho de Ministros, João Tiago Silveira, a Conferência evidenciou que a "cultura da reabilitação urbana já é uma realidade", pelo que se torna necessária e urgente a "disponibilização de mecanismos financeiros de atração e apoio ao financiamento para a sua concretização".

Consultar Estudo Prospetivo do Mercado da Reabilitação Urbana

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter