Comunicação / Notícias (outras)

PROGRAMA DE VISTOS GOLD
  • INVESTIMENTO REGISTADO EM AGOSTO, NO TOTAL DE 21 MILHÕES DE EUROS É TRÊS VEZES E MEIO SUPERIOR AO APURADO EM JULHO
  • RESOLVIDOS OS PROBLEMAS DE NATUREZA ADMINISTRATIVA É IMPERIOSO DAR CONFIANÇA AOS INVESTIDORES E REGRESSAR AOS ANTERIORES NÍVEIS DE INVESTIMENTO

A CPCI - Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário destaca a evolução positiva registada pelo Programa de Vistos Gold em agosto, a qual demonstra que o interesse dos investidores se mantém, após a o vazio legal as dificuldades administrativas geradas pelo impasse verificado na regulamentação deste regime. Com 21 milhões de euros, dos quais 20 milhões correspondem à aquisição de imobiliário nacional, verifica-se um significativo crescimento face aos seis milhões apurados em julho.

Trata-se ainda de um significativo retrocesso face aos níveis apurados em 2014, com os primeiros oito meses do ano a registarem uma queda de 52% em termos homólogos, atingindo 268 milhões de euros, 2015, valor que compara com 564 milhões de euros, no mesmo período do ano anterior.

A Confederação considera que o País tem de continuar a apostar num Programa que foi responsável pela captação de cerca de 1,5 mil milhões de euros, desde a sua entrada em vigor e que representou mais de 100 milhões de euros em receitas diretas para o Estado, a que se somam incontáveis efeitos positivos noutras atividades, como o comércio ou o turismo.

Sendo agora possível a emissão dos Vistos Gold, requeridos com base nas novas áreas de investimento, introduzidas na Lei n.º 63/2015, de 30 de julho, como são os realizados através de projetos associados à cultura, à ciência e à reabilitação urbana, a CPCI destaca a importância estratégica deste Programa e reitera que é tempo de ultrapassar todos os constrangimentos, de dar confiança aos investidores, de potenciar o posicionamento competitivo de Portugal face à forte concorrência de regimes similares existentes em diversos países europeus.

08/09/2015

Partilhar facebook Partilhar google+ Partilhar twitter